sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Quando estou com a cabeça vazia de pensamentos ocorre-me sempre o mesmo "é agora que lhe vou mandar mensagem a dizer o que sinto", nunca o chego a fazer, em parte porque penso "nem isso ele merece" e é a verdade, nem isso ele merece. Eu também não mereço estar assim, ainda magoada como se tivesse sido na semana passada mas já foi há dois meses, não parece, mas foi. Continua a doer? Claro que sim, uns dias mais e outros dias menos mas não deixa de doer. Eu não merecia, depois de tudo o que dei, ter ficado como fiquei. As coisas podiam ter-se resolvido a bem, de forma civilizada e adulta, mas parece que a única adulta no meio de toda a história sou eu quando devíamos ser os dois. É complicado, não nego, mas eu sei que no fundo, eu sai por cima e sai a ganhar. Oh e eu sei que um dia ele volta, mais que não seja porque percebeu sozinho o quanto perdeu e nesse dia eu sei que o vou desculpar como nunca desculpei ninguém. Resta saber se me irei desculpar a mim própria.

Sem comentários:

Enviar um comentário